Notícias

Confira a matéria sobre nosso mutirão de combate a dengue e conscientização ambiental, no site Blog do Portari.

Matéria retirada do Site “Blog do Portari”
Acesse a matéria no site oficial: Clique aqui!

Visando despertar a consciência das pessoas, a Usina Cerradão realizou na semana passada uma palestra sobre os perigos da dengue, bem como uma mobilização para acabar com os focos do mosquito Aedes Aegyptis.

Conforme explica a analista de meio ambiente Lais Almeida, a Usina desenvolve vários programas ambientais, dentre eles, um que ajuda no combate a dengue e ao mesmo tempo a preservação ambiental.

Após a palestra com os colaboradores da empresa, esses puderam andar pela indústria e ver os próprios resíduos que eles geram. “A palestra e o mutirão envolveram toda a Usina – setores industrial e automotivo –. O resultado ficou além do que a gente esperava. Muitos ficaram tristes em ver a situação que eles criaram e, ao mesmo tempo, felizes por ajudar dar um fim naquilo”, declara.

Lais destaca que todo trabalho é importante porque um simples copo plástico pode acumular água e ser um criadouro do mosquito. “Por conta disso e dos inúmeros casos de dengue no ano passado, a gente sentiu a necessidade de fazer um projeto que engloba toda a Usina e também os familiares deles”, diz.

A analista comenta que o projeto será realizado de forma constante principalmente no período de chuva e de calor, quando é maior a proliferação do mosquito. Ela completa que a Usina Cerradão possui vários projetos voltados para o meio ambiente como a recuperação de áreas degradadas e plantio de mudas.

A coordenadora de RH da Usina, Laila Perez, faz uma avaliação muito positiva deste projeto já que foram envolvidos mais de 1.200 colaboradores. “Todos receberam de forma muito amistosa e participaram efetivamente ‘colocando a mão na massa’. É muito importante trabalhar nessa área pela conscientização e sensibilização das pessoas, porque essas informações, eles vão levar também para amigos e famílias. Com certeza, cada participante vai levar essa conscientização para a vida toda”, encerra.